Ministro da Educação prestigia abertura do Congresso de Informática na Educação

on

Teve início nessa segunda-feira (29) e vai até quinta-feira (1º) a sétima edição do Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE 2018). Um dos maiores da área no País, o evento é organizado pelo Instituto UFC Virtual e reúne mais de 800 pesquisadores nacionais e estrangeiros, no Hotel Oásis Atlântico (Av. Beira Mar, 2500, Meireles), em torno do debate sobre o tema “Informática na educação: educação e empreendedorismo”.

A cerimônia de abertura contou com a apresentação do Quarteto de Cordas Radamés Gnatalli, projeto do Curso de Música da UFC, seguida pela composição de mesa solene com a presença do ministro da Educação, Rossieli Silva; do reitor da UFC, Henry Campos; da articuladora estadual da educação conectada, Germania Medeiros; do diretor do UFC Virtual, Mauro Pequeno; do representante da comissão especial de informática na educação da Sociedade Brasileira de Computação, Sérgio Crespo; e do presidente da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Lisandro Granville.

Estiveram presentes ainda a diretora de apoio às redes de educação básica do MEC, Renilda Peres de Lima; o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), Alessio Costa Lima; e o coordenador-geral do evento, José Aires.

Dando boas-vindas aos participantes, o Prof. Aires destacou os números do CBIE, com 665 inscritos e mais de 300 trabalhos selecionados. O Coordenador ainda enfatizou a relevância da temática que rege esta edição. “Embora o Brasil tenha avançado muito na pesquisa, na área de inovação e empreendedorismo estamos ainda engatinhando. E a informática na educação é fundamental para que a inovação aconteça”, avaliou.

Em suas falas, os professores Sérgio Crespo, da SBC, e Mauro Pequeno, da UFC, concentraram-se no encorpamento do CBIE ao longo dos anos, que a cada edição alcança um público maior, afirmação endossada pelo presidente da SBC, Lisandro Granville. “Sem dúvida esse é um dos eventos mais importantes para a Sociedade Brasileira de Computação”, afirmou. Já Aléssio Costa, da UNDIME, enfocou a atual política de informática nas escolas e apontou a necessidade de reforços de investimentos nesse campo.

A multiplicidade de visões e abordagens sobre informática na educação foi uma característica do congresso exaltada pelo reitor Henry Campos, que em seu discurso ainda pontuou a expertise da UFC na área. “Trazemos a experiência do Instituto UFC Virtual, uma das unidades acadêmicas mais dinâmicas da nossa Instituição. Temos história nessa seara e, acima de tudo, fidelidade a uma política de ampliar o acesso ao ensino de qualidade, fundamentados no convencimento de que o aparato da informática representa uma via aberta para a democratização do conhecimento”, declarou.

Imagem: Ministro da Educação, Rossieli Silva, discursando Segundo o ministro da Educação, Rossieli Silva, a aliança entre tecnologia e educação é estratégica para as ações da pasta. “Não tem como o País ser diferente se não for pelo poder da inovação, da tecnologia e do desenvolvimento. Nós, do Ministério da Educação, estamos apostando muito nisso nos últimos anos”, expôs.

A necessidade de que gestores, com ênfase naqueles que articulam políticas federais de ensino, estejam cada vez mais conectados a realidades locais foi outro destaque na fala do dirigente. “Defendo muito que estejamos cada vez mais próximos do que acontece na ponta, nas escolas. A gente precisa olhar as experiências, como a que há aqui no Ceará, em alfabetização, e quero dizer que hoje [o Ceará] é um dos exemplos em educação para o nosso País”, classificou.

SAIBA MAIS – Nesta sétima edição, o CBIE engloba o 29º Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), o 24º Workshop de Informática na Escola (WIE), as Jornadas de Atualização em Informática na Educação (JAIE), a Mostra Prática de Informática na Educação (MPIE), o Concurso de Teses, Dissertações e Monografias (CTD) e diversos workshops-satélites, painéis e mesas-redondas.

Além destes, ocorrerá simultaneamente ao CBIE o III Seminário Nacional Educação Conectada, promovido em parceria com o Ministério da Educação, com o propósito de engajar e preparar os articuladores e coordenadores do Programa Educação Conectada, que irão participar da elaboração e implementação dos Planos Locais de Inovação.

O CBIE é promovido anualmente pela Comissão Especial de Informática na Educação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Nesta edição, apoiam o evento o Ministério da Educação, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Outras informações estão disponíveis no site do congresso.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7331

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *