Brigadas Colaborativas são importantes no combate ao Aedes aegypti; veja vídeo

on

O aplicativo Aedes em Foco, que tem o intuito de conscientizar a população sobre as medidas de prevenção contra o mosquito Aedes aegypti, investe na importância da criação de Brigadas Colaborativas. Nestas, os usuários podem criar listas de participantes e selecionar uma série de itens para verificação semanal de focos em áreas residenciais, espaços públicos ou ambientes de trabalho.

A filosofia do engajamento da criação de “Brigadas” idealizada pelo Prof. da Faculdade de Medicina da UFC, Ivo Castelo Branco, direciona o olhar da população a ter um papel crucial nesse combate. Os usuários poderão, por exemplo, mapear possíveis focos no local escolhido e receber informações sobre como proceder ao longo do ciclo de vida do mosquito e sua eliminação.

Cada equipe tem acesso a um checklist de possíveis criadouros, como vasos de plantas e caixas-d’água. Quando chegar a hora de verificar os focos, o aplicativo envia um lembrete para todos os participantes, que por sua vez podem se comunicar através de um mural de avisos e coordenar a ação. Uma vez por semana novos locais serão informados para o grupo fazer novamente uma vistoria.

De acordo com o coordenador do Laboratório de Mídias Educacionais (LME/UFC Virtual) e Prof. pesquisador do Aedes em Foco, Henrique Pequeno, o aplicativo une tecnologia de ponta e informação. “Ele é fácil de manusear, pode ser usado individualmente ou por meio das Brigadas criadas contra os focos dos mosquitos. As informações são atualizadas constantemente”, explicou.

Através das denúncias, a população pode avisar a existência de focos em locais de difíceis acessos e saber quando o Agente de Saúde da região irá realizar uma visita na sua residência, por exemplo. Tais ações dos usuários geram bancos de dados, em tempo real, para uma melhor e mais efetiva participação dos Órgãos Públicos no controle geral da infestação do mosquito, que poderão tomar providências de forma mais ágil.

A ferramenta disponibiliza também notícias, uma lista de hospitais, UPAs e demais locais de atendimento para Arboviroses, que são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela.

Todos na luta contra o mosquito! Juntos somos mais fortes!

Veja o passo a passo de como criar a sua Brigada de Colaborativa: https://www.youtube.com/watch?v=SjlbP6ZqtDk

Acesse o site do aplicativo, e saiba como baixar: http://aedesemfoco.lme.ufc.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *